DOENÇAS DA COLUNA

Equilíbrio Sagital


O impacto de avaliar o plano sagital (de perfil) no tratamento de doenças da coluna vertebral tem sido considerado de importância crítica. O mau alinhamento sagital está relacionado a um exagero ou a uma deficiência de cifose ou de lordose. A maioria dos casos na prática está relacionada à deformidade cifótica. A postura da pelve e do quadril e dos membros inferiores costuma se modificar na tentativa de minimizar a deformidade da coluna e o mau alinhamento sagital. Há várias formas de mensurar o equilíbrio ou balanço sagital, mas é sempre necessário obter radiografias panorâmicas em perfil. Em geral se convenciona que um desequilíbrio que tem a linha gravitacional de referência localizada anteriormente aos limites de normalidade é um desequilíbrio anterior ou positivo.

Se a linha gravitacional de referência estiver projetada posteriormente aos limites considerados normais se define um desequilíbrio posterior ou negativo. Dessa forma, o paciente que apresenta um desequilíbrio sagital da coluna pode sofrer com dores crônicas devido a fadiga muscular que ocorre na tentativa de manter o corpo na posição equilibrada. O tratamento conservador com reforço muscular e alongamentos sempre é a primeira etapa. Nos casos severos e sem melhora recorremos a artrodese da coluna com o objetivo de melhorar o alinhamento sagital.